Culminância dos Clubes Juvenis encerra ano letivo de unidade de Tempo Integral em Santos

Nas unidades de Tempo Integral da rede estadual de ensino o encerramento do ano letivo é marcado por uma grande festa. “Este é o momento em que os alunos mostram para toda a escola e também para a comunidade tudo o que eles produziram durante o ano letivo nos Clubes Juvenis e também nas disciplinas eletivas”, explica a professora-coordenadora da E.E. Suetonio Bittencourt Junior, de Santos, Cynthia Helena Fuschini Feliz.

A proposta do modelo de Tempo Integral é estimular o protagonismo juvenil e formar jovens autônomos. Por isso, os próprios estudantes escolhem e montam os Clubes Juvenis que querem formar e quais disciplinas eletivas desejam participar. No Clube ETEC nº 6, por exemplo, os estudantes do 9º ano revisam conteúdos prováveis para a prova da Escola Técnica. “A gente pergunta as dificuldades dos alunos, faz debates sobre os assuntos, explica melhor o conteúdo e faz redações”, explica a aluna Giovanna Brito.

“É um movimento privilegiadíssimo porque são 50 minutos, uma aula inteira, que os alunos estão se dedicando a uma atividade na qual eles gostam, então escolhem presidente e vice-presidente do Clube, elaboram o projeto do que o Clube vai fazer naquele semestre e buscam informações do que eles gostariam de fazer”, completou a professora-coordenadora.

Na unidade de Santos, há Clubes voltados para o mundo dos jogos, campeonatos de tênis de mesa, reforço para vestibulandos e dança, por exemplo, e todas as atividades são conduzidas pelos próprios alunos, sem a intervenção de um professor.

“Eu acho bem legal porque é um jeito que a gente pode aprender de uma maneira divertida e a gente acaba aprendendo duas vezes porque a gente ensina e aprende ao mesmo tempo”, disse a aluna Mariana Macedo Guerrero.

Todo o ano, os Clubes se renovam e, para o ano letivo de 2018, a unidade está projetando um Clube voltado para astronomia, aproveitando o momento em que a escola foi premiada com nove medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia.

“É um assunto que trabalha diversas habilidades do aluno, tanto na área da matemática como na área da ciência, da química, da física e, principalmente, o convívio entre os alunos e o desenvolvimento do protagonista no juvenil”, completou Cynthia.

 

Por Andréa Devezas da Silva- PCNP

Anúncios

FORMAÇÃO DO OFFICE 365

Formação de tecnologia, em ATPC, e orientação para votação na SED das propostas regionais do projeto Gestão Democrática da Diretoria de Ensino de Santos na EE. Nossa Senhora dos Navegantes no Município de Guarujá no dia 20 de setembro.

 

Diretoria de Ensino de Santos  divulga o Projeto Dragonlearn para Municípios da Baixada Santista, trazendo à equipe de Russos que desenvolveram o plataforma. Essa apresentação é resultado da grande adesão de escolas de Anos Iniciais onde em um mês os alunos estão mais motivados no ensino da matemática.

Muito Gratificante afirma nosso Dirigente.