Destaque

CONOTEA 2018 2ª edição do Congresso Online sobre o TEA (Transtorno do Espectro do Autismo)

O que é o CONOTEA ?

O CONOTEA é um Congresso que aborda temas ligados ao TEA (Transtorno do Espectro do Autismo) com o intuito de levar conhecimento através de fontes confiáveis para todos os interessados no tema, com palestras com Terapeutas Ocupacionais, Musicoterapeuta, Fonoaudiólogos, Pedagogos, Educadores, Psicólogos, Pesquisadores, Advogada Especialista, Pais, Familiares e palestrantes dentro do espectro do autismo.

O Congresso é totalmente ONLINE e GRATUITO durante todos os dias de exibição, onde são disponibilizadas várias palestras em horários pré-determinados, abordando assuntos de grande relevância para todos os interessados em conteúdo e informação de Especialistas e Pesquisadores.

Inscrições:

http://conotea.com.br/

 

Abraços

 

Equipe de Educação Especial

Anúncios
Destaque

Comunicado 39/2018- Ingressantes

Comunicado nº 39/2018 – NPE                                                 Santos, 19 de junho de 2018

 

Assunto: Curso Específico da Formação de Ingressantes.

 

 

O Dirigente de Ensino – Região Santos, vem através deste, comunicar aos Professores Ingressantes, sobre a repescagem do 2º Encontro Presencial do Curso Específico da Formação de Ingressantes – Etapa 2 -Ensino em Foco-PEB II, 3ª Edição, que será realizado como segue:

 

TURMA 03

 

 

Local: UNIVERSIDADE SÃO JUDAS- CAMPUS UNIMONTE

Data: 23/06/2018 Horário: 8h às 12h

Endereço: R. Comendador Martins, 52 – Vila Matias, Santos – SP, 11015-530

    Bloco B1 Salas 102,104 e 106

 

Nome CPF RG
ADEMILSON DOS SANTOS SOUZA 47413328100 83746599
ADILSON LIMA MARQUES 09368969817 19480867
ANDERSON RODRIGUES FONSECA 28344844819 30267771
CARLA FORTUNATO ARAUJO 08371502800 181831958
CATIA CRISTINA MECENA SANTOS 19288752897          24680991

 

DENILSON JARDIM MOREIRA FILHO 36254069857 47108151
     
EDUARDO DIAS MATTOS 94317615720 133545064
ERICK ROBERTO GOMES 21847883842 33171054
FABIENE RODRIGUES DE SOUSA 27062226890 33947014
FERNANDO AUGUSTO FERRARI 22986461808 42500016
FILIPE DE SOUZA BRANDAO SANTOS 41328505871 48291135
FRANCISMAR APARECIDA FERREIRA MENDES 13386120857 23670673
GABRIEL SANTOS DO BOM SUSSESSO 35087002838 44400466
HELDER EDUARDO RIBEIRO DO AMARAL 36970771806 457290390
JAEL RAMOS REZENDE REZENDE 13354147890 18042510
LUIZ JOSE DA SILVA

 

02986839460 398999387

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TURMA 04

Local: UNIVERSIDADE SÃO JUDAS- CAMPUS UNIMONTE

Data: 23/06/2018 Horário: 13 ÀS 17 h

Endereço: R. Comendador Martins, 52 – Vila Matias, Santos – SP, 11015-530

    Bloco B1 Salas 102,104 e 106

 

 

 

 

MARCIO DOS SANTOS 30454397801 28135982
MARIA LUIZA MORAIS ALVES 29305972837 43918389
MARIA OLIMPIA MOMBELLI FLAMINI 08374044870 16613711
MARILUCIA AKIKO TOKUY OCHI 32363962885 34065644
MEGAROM DOS SANTOS ROLIM 39913887828 52064766
PABLO RICARDO DE ALMEIDA 31705031897 244006957
PATRICIA FERREIRA SILVEIRA 29434999863 33172030
QUELI CRISTINA PEREIRA 21694244822 35518757
RAFAELA DAS MERCES SILVA 31230739807 32768336
RITA DE CASSIA SOARES OLIVEIRA ASSUNÇÃO 13400806803 21937121
RODRIGO APARECIDO DIAS 25793112898 27926153
SENDULI FEMININO DE OLIVEIRA 32886989860 30346264
SUELI SALVADOR TABARINE 07026672851 20588294
WAGNER DA CRUZ 31771098856 407745828
   

 

 

 

                                       João Bosco Arantes Braga Guimarães

                                  Dirigente Regional de Ensino – Região Santos

                                                          (assinado no original)

Inclusão escolar

Favorecer a aprendizagem significativa aos alunos com TEA. Esse é o principal foco do curso Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas Especificações – 1ª Edição/2018, que abordará conteúdos específicos para que os educadores possam identificar as principais dificuldades e potencialidades de cada estudante, e criar um planejamento de práticas pedagógicas efetivas.

A formação será destinada a todos os servidores da SEE-SP. De acordo com a gestora do curso, Marina Matera Sanches, “a ação subsidiará os profissionais da rede estadual para o desenvolvimento e processo de ensino-aprendizagem de alunos com TEA, tanto nas Salas de Recursos quanto nas salas comuns de ensino regular, de modo que a Educação Especial ocorra de forma colaborativa e integrada ao ensino comum”.

Quem já participou da edição anterior garante que a formação proporciona grandes aprendizados. “Nunca tive aluno com autismo, mas sei que temos de estar preparados para lidar com a questão. Na minha formação na faculdade, não recebi informações sobre o tema, e quando comecei a trabalhar na área da educação, passei a refletir sobre o quanto nós, professores, não temos condições e nem formação para auxiliar os alunos com esse transtorno. Foi muito proveitoso fazer o curso e o faria novamente, para conhecer mais e saber até que ponto a ciência chegou para melhor ajudar essas pessoas”, conta a ex-cursista Arlete Silvana Morgado Costa, PEB II.

Com carga horária total de 60 horas, o curso será estruturado em seis módulos e trará assuntos como integração sensorial, adaptação curricular, estudo de caso e trocas de experiências.
As inscrições serão abertas no dia 12/04 e poderão ser realizadas até 18/04 ou até o término das vagas, o que acontecer primeiro.

Para mais informações, acesse o site ou leia o Regulamento .

A quem se destina:
A todos os servidores em exercício em quaisquer categorias, cargos ou funções dos três quadros da SEE-SP: QM, QAE e QSE.
Realização:
03/05 03/07
Informações:
Acesse aqui

COMO CONVERSAR COM UM AUTISTA EM SALA DE AULA?

A comunicação é essencial na vida de todos nós. Por meio dela, podemos trocar informações que fazem a diferença nas relações sociais. Na sala de aula, essa habilidade é a base para o aprendizado. Sendo assim, o ensino para autistas depende muito desse aspecto para fazer valer a didática utilizada. Veja a seguir algumas dicas que podem ajudar nessa nobre missão.

Fale sobre o assunto que interesse à criança

Como muitos de vocês já sabem, a pessoa que tem o Transtorno do Espectro Autista (TEA)costuma ter predileção a um determinado tema (personagem de desenho/filme, aviões, mapas, etc.). Então, a melhor maneira de estabelecer um primeiro contato com o aluno é através dessa atenção que você dará àquilo que o interessa. Cria-se um vínculo importante para estimulá-lo nas próximas conversas.

Use frases específicas e curtas

O ensino para autistas depende muito da forma que os educadores utilizam para se comunicar. Frases mais curtas e objetivas tendem a ser eficazes para a compreensão da criança/adolescente diante de algum novo conceito ou explicação. Isso porque a forma de processar uma informação é diferente no estudante com autismo.

Mostre paciência e disponibilidade ao ensinar

Como dito acima, o processamento de uma informação para a criança/adolescente com TEA tem suas peculiaridades e apresenta a sua própria dinâmica. É interessante que você demonstre paciência para explicar um conceito. Pergunte sempre se há dúvida, procure esclarecer algum conceito que não ficou claro, etc.

Fuja do sentido figurado

É importante não utilizar construções frasais com sentido figurado. Isso tende a confundir a criança. Ela não entende tais aplicações. Então, não diga que você está ‘morrendo de frio’, ‘caindo de sono’, ‘derretendo de calor’, entre outras frases que costumamos falar no dia a dia. É preciso estar sempre atento a isso.

Utilize recursos visuais

Um dos itens mais eficazes ao ensino para autistas é a utilização de elementos imagéticos como complemento às explicações. Uma pessoa com autismo tende a ser muito ligada a esses detalhes. Imagine o quanto suas aulas podem ser ricas com essas imagens.

Atenção para os sinais sociais

Estar atento aos sinais sociais é importante, principalmente no ensino para autistas. Isso porque a criança/adolescente com TEA pode ser alheio a esses indicativos. Portanto, é interessante ficar de olho em alguma situação caso o aluno demonstre pouco ou nenhum entendimento acerca de um cumprimento, um gesto, etc.

Caso a criança demonstre muita dificuldade, o que pode ser feito?

Se a situação ficar difícil para o entendimento da criança e sua comunicação, a melhor maneira de contornar esse problema é solicitar um auxílio maior de um profissional de fonoaudiologia e psicopedagogia. É sempre válido lembrar que o acompanhamento interdisciplinar funciona de forma eficaz, pois abrange todo o conjunto de habilidades que permeia a vida da pessoa, impulsionando o desenvolvimento cognitivo, comportamental e social.

Torne a sala de aula um ambiente convidativo

Nada melhor que proporcionar um local onde os pequenos encontrem um ambiente que desperte sua atenção e o prazer de estarem ali. Isso contribui para a socialização de todos.

 

Equipe de Educação Especial

 

Créditos: NeuroSaber